fbpx
Séries

Vikings: Michael Hirst diz em que episódio Ragnar deveria ter deixado a série

Muitos fãs reclamam da morte de Ragnar Lothbrok em “Vikings”. Haverá spoilers sobre a série a seguir. Eles dizem que o rei deveria ter permanecido por mais tempo na série e não saído na quarta temporada.

No entanto, o que muitos não sabem é que no roteiro original, Ragnar não iria passar nem mesmo da primeira temporada. Em entrevista para o IGN, Michael Hirst explicou que a ideia inicial era finalizar a trama do personagem durante os episódios iniciais.

“Quando escrevi a roteiro [da série de TV] pela primeira vez, tudo isso estava acontecendo no final da 1ª temporada. [Risos] Quando Travis [Fimmel] entrou no programa, que estava bem perto de quando começamos a filmar, tudo o que ele conseguiu foram os dois primeiros roteiros e a trama inicial que dizia que ele morreria no final do episódio 10. Obviamente, assim que entramos no show e vi o que tínhamos e o que os atores trouxeram, tudo mudou e se abriu. Mas eu iria me manter o mais próximo possível do registro histórico, por mais difícil que fosse o registro histórico às vezes, porque era importante para mim estar fundamentado na realidade”, explicou o showrunner.

A ideia inicial de Hirst era produzir apenas alguns episódios. Porém, “Vikings” foi muito bem aceita pelo público e diante do grande sucesso, a série foi renovada para mais 6 temporadas.

Ragnar vai voltar?

Outro ponto bastante discutido entre os fãs é o provável retorno de Ragnar durante a 6ª temporada. Michael Hirst e Travis Fimmel divergiram sobre trazer Ragnar de volta em entrevista ao The Hollywood Reporter.

Hirst disse que o personagem poderia aparecer em visões.

Mas porque ele é uma presença tão poderosa na vida das pessoas, ele poderia reaparecer em sonhos, em visões … Eu não acho que nenhum dos meus personagens principais … Eu comecei com – Floki (Gustaf Skarsgard), Ragnar e Lagertha (Katheryn Winnick) e Rollo (Clive Standen) … nenhum deles vai realmente ir embora ou desaparecer da saga”.

Já Fimmel discordou, dizendo que não iria voltar a interpretar o personagem.

“Sim, não, não vou voltar. Isso meio que não faz sentido. Meu personagem é ateu, então não vou aparecer em nenhum fantasma, imagens religiosas de fantasmas ou qualquer coisa assim. Acho que você tem que ser muito religioso para que as pessoas acreditem em você”.

O personagem voltou de fato a aparecer na trama durante a quinta temporada como uma espécie de visão. Na cena, ele aconselhava Bjorn sobre a responsabilidade de ele ter se tornado rei.

Na primeira parte da sexta temporada, Ragnar volta a aparecer de forma simbólica no funeral de Lagertha.

Veja também:

Vikings: 6ª temporada não será o fim

VEJA TAMBÉM:
Botão Voltar ao topo