fbpx
História e Arqueologia

A intrigante estátua egípcia de madeira realista com olhos de cristal

O arqueólogo francês Auguste Mariette fez uma grande descoberta em 1860 no Egito. Juntamente com a sua equipe, eles encontraram uma intrigante estátua egípcia feita de madeira com olhos de cristais.

Datada de aproximadamente 4500 anos atrás, o achado retrata a imagem de um escriba, sacerdote e leitor egípcio chamado Ka’aper. A escultura de madeira foi encontrada em uma tumba na necrópole de Saqqara.

Pesquisadores acreditam que ela foi construída durante a quinta dinastia do Reino Antigo, por volta do ano 2500 a.C. A estátua está localizada atualmente no Museu Egípcio do Cairo e chama a atenção pelo seu realismo e conservação.

Foto – Reprodução/History

Detalhes impressionantes

O achado tem 112 m de altura e foi esculpido em madeira de sicômoro, também chamada de figueira-do-faraó. Os antigos egípcios consideravam a árvore sagrada e acreditavam que ela era protegida pela deusa Hathor. Ela é uma espécie de figueira com ramos fortes e raízes profundas que produz figos usados no Médio Oriente e partes da África há vários milênios.

Foto – Reprodução/History

Um dos detalhes mais marcantes na estátua é o seu realismo. Os olhos do sacerdote foram feitos de cristal de rocha ganhando um contorno que contrasta perfeitamente com a madeira. O resultado é uma as imagens mais realistas de uma pessoa que viveu no antigo Egito já encontradas até hoje por arqueólogos.

A obra mostra Ka’aper segurando um bastão. O rosto e barriga arredondados simbolizam a prosperidade. Ainda segundo os historiadores, apesar do sacerdote possuir um papel importante, ele não tinha um alto cargo na sociedade da época.

Leia também: Sepulturas cristãs da Era Viking são encontradas na Suécia

VEJA TAMBÉM:
Botão Voltar ao topo