fbpx
NetflixSéries

Vikings: Valhalla – O verdadeiro motivo da morte de personagem na 1ª temporada

A primeira temporada de “Vikings: Valhalla” contou com a morte inesperada de alguns personagens. Entre eles estava o rei Edmundo, herdeiro mais novo de Aethelred II da Inglaterra.

Enquanto muitos achavam que o destino de todo o reino estaria em suas mãos, ele simplesmente morre durante um acidente de cavalo. Na história real, Edmundo nasceu por volta do ano 900 d. C. e não teria se tornado rei até completar 26 anos de idade.

O próprio rei Canute zomba do personagem por causa de sua pouca idade na série. Porém, na vida real ambos tinham a mesma idade e Edmundo era casado e pai quando se tornou rei. De acordo com a professora do Instituto de Estudos Irlandeses, Clare Downham, existem versões conflitantes sobre a morte do jovem rei.

“Na década de 1070, Adán de Bremen sugeriu que Edmundo foi envenenado e, no século 12, há histórias obscenas de que ele foi morto no banheiro, seja por facadas ou por uma besta disparada pelo cano de drenagem”, revelou Clare.

No entanto, na série Edmundo sofre uma emboscada preparada por Earl Godwin, abrindo espaço para Emma da Normandia. Os produtores preferiram deixar o caminho livre para a bisneta de Rollo, finalizando a participação do jovem rei.

Leia também:

Atriz da série já sofreu por causa de sua altura

A atriz Frida Gustavsson interpreta o papel da personagem Freydis Eriksdotter em “Vikings: Valhalla”. Durante a primeira temporada ela demonstrou ser uma guerreira forte e persistente que não tem medo de seus inimigos…..Saiba mais!

.

VEJA TAMBÉM:
Botão Voltar ao topo