fbpx
História e Arqueologia

Vikings: Crânio encontrado na Escandinávia revela estranho costume da Era Viking

Todos sabem que os antigos vikings tinham o costume de fazer rituais para deuses como Odin e Thor. No entanto, achados arqueológicos tem revelado outros tipos de costumes estranhos feitos pelo povo da chamada Era Viking.

A arqueóloga da Universidade de Oslo, Marianne Hem Eriksen, estudou juntamente com a sua equipe mais de 40 crânios encontrados na Escandinávia durante escavações. Eles datam da chamada Idade do Ferro, correspondendo segundo informações divulgadas pela NRK, ao fim da Era Viking.

Durante a pesquisa alguns detalhes intrigantes chamaram a atenção dos pesquisadores. Entre eles, a evidência de alguns rituais estranhos e macabros feitos com crianças na época. Diversos ossos de bebês foram enterrados embaixo de pisos e portas de residências vikings.  A arqueóloga salientou que o costume de tirar a vida de crianças não era algo incomum.

“Não era incomum na época e, até certo ponto, socialmente aceito”, afirmou.

Crânio encontrado embaixo de um piso / Crédito: Divulgação 

Costume estranho

Sobre o fato de encontrar os ossos embaixo dos pisos e portas, a pesquisadora disse que os povos tinham a tradição de manter seus bebês por perto após a morte.

“Partes de corpos às vezes eram colocadas em torno de fazendas e dentro das casas. Isso pode não ter sido por acaso […] deve ter sido importante para eles terem seus mortos por perto. Obviamente tinha algum sentido”, explicou Marianne.

Muitos pesquisadores acreditam que os crânios tinham um valor especial durante a Era Viking, podendo ser usados como um amuleto. Por esse motivo, eram mantidos sempre por perto.

Imagem de um do crânios analisados – Divulgação

Veja também:

A Escavação: A história real por trás do navio anglo-saxão encontrado no filme

VEJA TAMBÉM:
Botão Voltar ao topo