fbpx
História e ArqueologiaNetflixSéries

The Last Kingdom: A série é baseada em fatos reais? Professor fala sobre sua historicidade

Apesar de a série “The Last Kingdom” ser baseada nas Crônicas Saxônicas escritas por Bernard Cornwell, tanto o autor quanto os produtores inseriram vários elementos históricos para compor a trama.

É muito comum que séries e filmes sejam criticados por sua precisão histórica. Apesar disso, a produção originalmente produzida pela BBC America e posteriormente co-produzida pela Netflix, se esforça para representar os períodos descritos durante seus episódios.

A trama é ambientada durante as invasões vikings à Inglaterra e reinado de Alfredo, o Grande, rei de Wessex. Durante entrevista ao Winter is Coming, o professor da Universidade de Winchester, Ryan Lavelle, falou um pouco sobre a historicidade da série.

Ele destacou que uma ideia errada sobre personagens e situações históricas podem de certa forma “enganar o público”.

“É inevitável que as pessoas às vezes se envolvam mais com os personagens da forma como foram representados no drama do que com os personagens históricos reais, mas isso é algo que permite uma espécie de gancho. Quero que as pessoas o usem para se envolver com a história real.”, explicou Ryan.

Sobre o Uhtred fictício mostrado na trama, o professor explicou que um homem com o mesmo nome realmente existiu na história e que os “os nortumbrianos neste período tinham que ter algum tipo de conexão dinamarquesa para sobreviver”. Isso torna a história do personagem mais aceitável do ponto de vista histórico.

The Last Kingdom 5ª temporada
Foto – Reprodução/Youtube/Netflix

Apesar de ter nomes fictícios, “The Last Kingdom” também apresenta ao público figuras históricas que tiveram grande importância no passado. Sobre Alfredo, Ryan revela que sua história foi muito bem aproveitada.

“Há evidências suficientes para dizer que Alfred foi afetado por crises crônicas de saúde. Isso pode ser parte da visão de Alfredo como um governante cristão em termos de seu senso de intenso cristianismo interno e seu senso de introspecção como governante.”, afirmou o professor.

Já a versão de Aethelred não foi historicamente precisa, revela Lavelle.

Aethelred é uma figura que fica em dívida com Alfred. Há uma sugestão de que ele não é realmente de uma linhagem real e pode ter sido de uma família nobre no oeste da Mércia. Potencialmente, Alfredo estava fazendo o mesmo que os vikings faziam com os reis fantoches em outros lugares e trazendo Aethelred. Aethelred era basicamente o homem de Alfredo na Mércia”, explicou.

Leia também:Conheça o novo personagem que fará parte da 5ª temporada

Apesar da licença poética usada durante a série, ela consegue ser bastante fiel em alguns momentos a história real se destacando entre outros produções do mesmo estilo. A 5ª temporada segue ainda sem data de estreia definida na Netflix.

VEJA TAMBÉM:
Botão Voltar ao topo