fbpx
História e ArqueologiaNetflixSéries

Peaky Blinders: Conheça quem foram os membros reais da gangue de Thomas Shelby

Steven Knight, criador de “Peaky Blinders”, explicou em entrevista ao History Extra de onde veio a ideia para criar a série. De acordo com o cineasta, tudo começou ainda na infância, quando o seu avô pediu para seu pai entregar um recado para seus tios.

Meu pai bateu na porta e viu uma mesa com oito homens vestidos de maneira imaculada, usando boina e com armas no bolso. A mesa estava coberta de dinheiro. Só aquela imagem – fumaça, bebida e os homens bem vestidos na favela de Birmingham – pensei, ‘essa é a mitologia, essa é a história, e essa é a primeira imagem que preciso trabalhar’”, afirmou Knight.

Esses homens possivelmente eram os Blinders originais. Dentre os membros da gangue real estava Thomas Gilbert, apontado como o líder. Ele usava várias identidades diferentes para confundir tanto seus inimigos quanto as autoridades. Acredita-se que Gilbert tenha fundado o grupo em uma das favelas mais pobres de Birmingham.

Reprodução – Wikipédia

Outro membro do grupo era Stephen McHickie, que foi preso em outubro de 1904 por roubar uma bicicleta e invadir uma residência. Ele ficou na cadeia por cerca de 1 mês, mostrando que a história real tem vários elementos diferentes da mostrada na série de TV, onde os gangsteres se destacam por seus grandes crimes e superioridade.

Reprodução – Wikipédia

Harry Fowles (à esquerda) ficou conhecido como “Cara de Bebê” devido ao seu visual jovial. Aos 19 anos ele foi preso por roubar uma bicicleta. Ele seguia o velho e bom estilo dos Peaky Blinders e usava boinas e ternos de primeira linha.

Reprodução – Wikipédia
Reprodução – Wikipédia

Devido as dificuldades econômicas, muitos jovens começaram a entrar para o mundo do crime. Earnest Bayles (à direita) foi mais um a fazer parte do grupo. Responsável por pequenos delitos que também resultaram em sua prisão.

VEJA TAMBÉM:
Botão Voltar ao topo