fbpx
NetflixSéries

Fato ou ficção? Criador de ‘Vikings: Valhalla’ diz se a série é realmente baseada em fatos reais

Apesar de a série “Vikings” se basear em fatos históricos, foram usados principalmente elementos presentes nas Sagas Nórdicas para compor a sua trama principal, além da imaginação dos roteiristas. O spin-off “Vikings: Valhalla” também segue o mesmo conceito, mas apresentando mais fatos realistas do que a série original.

Durante entrevista (via: UOL), o criador Jeb Stuart falou um pouco sobre o que é fato e ficção na história. Segundo ele, muito do que será mostrado realmente aconteceu, mas a série também usa a licença poética para contar a história.

“Eu li muita coisa sobre os Vikings e conversei com muita gente. Claro que temos ótimos consultores e pesquisadores na série, que nos apresentaram os fatos. E os nossos roteiristas criaram histórias baseadas nisso, sem fugir muito de uma realidade plausível.”, afirmou o showrunner.

O criador ainda destacou que graças aos conselhos que recebeu, pode “frear” a imaginação “fértil” dos roteiristas.

“Os pesquisadores tinham liberdade para chegar em nós e dizer: ‘peraí, você viajou um pouco nisso e cruzou a linha’. Eu digo que a maior parte [da série] é crível, como armas, roupas, discursos, coisas desse tipo. Mas sim usamos a licença criativa com alguns personagens, tipo juntar Olaf e Harald na mesma linha do tempo”, completou.

VEJA TAMBÉM:
Botão Voltar ao topo