fbpx
Séries

Peaky Blinders: a história real da gangue de Thomas Shelby

A série “Peaky Blinders” tem ganhado bastante notoriedade atualmente. Produzida pela BBC britânica e estrelada pelo ator Cillian Murphy no papel de Thomas Shelby, a produção está em sua 5ª temporada já disponível no catálogo da Netflix.

O que muitas pessoas não sabem, é que a história se baseia em fatos reais. Na realidade, a produção usa alguns elementos fictícios durante a trama para deixá-la ainda mais interessante. A gangue de Shelby é inspirada em outra gangue que de fato existiu no fim do século 19.

Em 1890, a Inglaterra estava passando por grandes dificuldades econômicas. Isso fez com que jovens de origem humilde e sem família acabassem buscando alternativas para conseguir sobreviver nas ruas.

Com isso, muitos formavam gangues que se organizavam hierarquicamente controlando determinados territórios. Uma delas era a dos Peaky Blinders, que provavelmente foi fundada em Small Heath, uma das áreas com a maior taxa de pobreza de Birmingham.

Objetivo e modo se vestirem

O objetivo principal era o de ocupar novas terras. Além disso, a gangue se destacava por causa de seu modo elegante de se vestir. O fato era bastante incomum para o crime organizado da época. Eles usavam boné ou boina, jaquetas com botões, calças com boca de sino e feitas sob medida.

Ao contrário do que a série sugere, o nome da gangue não é derivado do fato de os Blinders usarem lâminas em seus chapéus. Isso porque as lâminas ainda estavam surgindo na época e se tratavam de um ‘objeto de luxo’.

De acordo com o historiador Carl Chinn, autor de um livro que fala sobre a gangue, o mais aceitável é que eles eram chamados dessa forma por usaram chapéus pontudos (Peaky), com a intenção de esconder seus rostos e serem considerados mais belos (Blinders).

Os Peaky Blinders expandiram seus negócios nas áreas de fraude, contrabando, suborno, roubo e manipulação de corridas de cavalos. Por terem forte domínio financeiro, social e até mesmo político, eles chamaram a atenção da uma gangue maior chamada Birmingham Boys.

Isso gerou reações violentas e os membros acabaram se afastando da cidade em busca de mais segurança. A partir de 1930, eles acabaram sendo substituídos por outras gangues.

VEJA TAMBÉM:
Botão Voltar ao topo