fbpx
História e ArqueologiaListas

Vikings: ‘Você foi tapeado’; 5 mentiras sobre os nórdicos difundidas como verdades

Após o lançamento da série “Vikings” a história dos antigos nórdicos ganhou ainda mais a atenção do público. Apesar da ficção mostrar vários detalhes como armamentos, visual e também modo de vida dos exploradores que invadiram, exploraram e colonizaram grandes partes da Europa e das ilhas do Atlântico Norte, nem tudo é o que parece.

Hoje iremos citar alguns mitos sobre os vikings difundidos como verdade absoluta. É importante salientar que apesar das informações, estudos são realizados anualmente incluindo novas descobertas.

Todos usavam capacetes com chifres

Após uma ópera retratar os guerreiros como homens que usavam capacetes com chifres e outros artefatos em sua cabeça, isso passou a ser usado em filmes, séries e desenhos. No entanto, o acessório era feito de couro e ferro sendo arredondado em suas extremidades sem a adição de ornamentos.

Na realidade, nem todos poderiam usá-lo, já que se tratava de um item muito caro na época. A informação é baseada em um capacete viking encontrado por arqueólogos. Ele não tem chifres sendo bastante simples, diferente do que muitos imaginavam.

Foto – British Museum/El Pais

Todos eram guerreiros experientes

Outro mito é dizer que todos os nórdicos eram guerreiros experientes. Em sua maioria, eles eram pessoas comuns formados principalmente por fazendeiros, camponeses e pescadores. Outro mito é que eles viviam constantemente em guerra. Na realidade, os vikings passavam grande parte de suas vidas plantando e colhendo.

Eles eram sujos e pouco higiênicos

Outro mito é dizer que os guerreiros não se preocuparam com a sua própria higiene. Eles inclusive tinham costumes bem avançados para a sociedade da época. Foi encontrada uma quantidade significativa de produtos como pinças, limpadores de ouvido, pentes, palitos entre outros.

Todos esses acessórios eram usados para manter a aparência dos guerreiros em dia, diferente do que muitos imaginavam.

Todos eram machistas

Apesar de serem considerados machistas, a verdade é que os nórdicos tinham uma abordagem bem diferente para á época. As mulheres podiam ter propriedades e também desafiar qualquer tipo de arranjo em casamento. Além disso, elas tinham a liberdade de se divorciarem caso não estivessem satisfeitas com o seu relacionamento. Também podiam lutar lado a lado dos homens como guerreiras.

Uma lenda cita que 300 escudeiras participaram da Batalha de Brávellir no século VIII.

Todos eram loiros

O estudo foi publicado em 2020 mostra que os vikings eram miscigenados. Durante a pesquisa foi sequenciado o genoma de 442 fragmentos ósseos encontrados em regiões como Reino Unido, Escandinávia, Rússia, Groenlândia e Polônia.

 O pesquisador Eske Willerslev revelou que nem todos eram loiros como muitos pensam.

“Nossa pesquisa desmascara até mesmo a imagem moderna dos vikings com cabelos loiros, já que muitos tinham cabelos castanhos e foram influenciados pelo influxo genético de fora da Escandinávia.”, revelou.

VEJA TAMBÉM:
Botão Voltar ao topo