fbpx
Séries

Vikings: Porque Ivar foi escolhido por Ragnar para ir com ele para Wessex?

Muitos acham que o fato de os outros herdeiros de Ragnar Lothbrok não terem aceitado ir com ele para Wessex na quarta temporada tenha feito com que Ivar se tornasse a última opção.

No entanto, a verdade é que o líder viking já havia orquestrado toda a sua morte e sabia muto bem que seus outros herdeiros não iriam aceitar o seu convite. Nas sagas nórdicas, Ivar, o Desossado é descrito como um dos filhos mais importantes e temidos de Ragnar Lothbrok.

Os produtores também transportaram isso para a série através de pequenos detalhes despercebidos por muitos. O Sem Ossos teve grande importância para o plano de Ragnar na quarta temporada de “Vikings”.

O ex-marido de Lagertha sabia que levar consigo qualquer um de seus outros filhos iria resultar em suas mortes não possibilitando os informar sobre o que havia acontecido. Ivar era perfeito para essa tarefa!

Créditos – History

Por que ele escolheu Ivar?

Devido a doença de Ivar, ele era o único que tinha chances de ser poupado pelos homens de Ecbert retornando à Kattegat para iniciar a vingança dos filhos de Ragnar através do Grande Exército Pagão.

O rei tinha tudo planejado e sabia muito bem que Bjorn, Ubbe, Hvitserk e Sigurd tinham outros planos em mente. No entanto, Ivar ainda se encontrava de certa forma perdido em relação ao seu futuro. Essa era a única maneira de Ragnar se vingar de Ecbert pelo massacre ao assentamento viking iniciando assim a sua última vingança.

Como planejado, Ivar foi poupado e retornou ao vilarejo informando seus irmãos sobre todo o ocorrido. Dessa maneira, eles puderam se vingar de Ecbert e Aelle pela morte do velho javali.

Esse é o visual de um verdadeiro capacete e armamento viking

Com as recentes descobertas sobre os antigos vikings muito do que se acreditava anteriormente ser verdade sobre eles mudou. Graças a arqueologia foi possível descobrir detalhes relacionados ao visual e também o estilo de vida dos nórdicos…..Leia mais!

VEJA TAMBÉM:
Botão Voltar ao topo