fbpx
História e Arqueologia

Vikings: Novo estudo mostra se a Águia de Sangue pode ter realmente existido

A Águia de Sangue é descrita como um dos meios de execução mais dolorosos e temíveis usados pelos Vikings no passado. A técnica consistia em uma incisão feita nas costas da vítima. Suas costelas eram abertas tirando para fora seus pulmões imitando assim o formato das asas de uma águia.

Cena da série ‘Vikings’:

Tudo isso era feito enquanto a pessoa ainda respirava. Para piorar, era pulverizado sal grosso sobre os pulmões. Muito se discute em relação a existência de tal ritual. Ainda não foram encontradas evidências arqueológicas mostrando que ele realmente existiu.

Apesar disso, um estudo sugere que o método era um fato possível. Pesquisadores da Universidade Keele e da Universidade da Islândia fizeram uma analise para descobrir se tudo realmente existiu ou era apenas uma poesia antiga criada para amedrontar os inimigos dos nórdicos.

Ela pode ter existido!

Apesar de inacreditável, a morte era anatomicamente possível. De acordo com o autor do estudo, o Dr. Luke John Murphy, do Departamento de Arqueologia da Universidade da Islândia durante entrevista ao IFLScience, foi feito um pente fino nas descrições sobre o ritual nórdico.

Começamos reanalisando as descrições medievais do ritual – realmente passando por elas com um pente fino. Em seguida, examinamos os dois conjuntos de restrições dentro dos quais qualquer águia de sangue teria de ter ocorrido: os limites do corpo humano e os limites do comportamento humano. Basicamente, ‘isso pode ser feito fisicamente?’ e ‘isso pode ser feito socialmente?”, iniciou.

A equipe usou todo o conhecimento atual em fisiologia e anatomia para reanalisar os detalhes sobre a Águia de Sangue.

O que descobrimos foi que o procedimento em si seria difícil, mas longe de impossível de ser realizado, mesmo com a tecnologia da época. Suspeitamos que um tipo específico de ponta de lança Viking poderia ter sido usado como uma ferramenta improvisada para “abrir o zíper” da caixa torácica rapidamente por trás. Essa arma pode até ser retratada em um monumento de pedra encontrado na ilha sueca de Gotland, onde uma cena esculpida na pedra retrata algo que poderia ter sido uma águia sangrenta ou outra execução.”, explicou Murphy.

Leia também: 2ª temporada de série com ator de ‘Vikings’ ganha data de estreia oficial

VEJA TAMBÉM:
Botão Voltar ao topo