fbpx
SériesTV e Famosos

Vikings: Intérprete de Ragnar Lothbrok revela história emocionante sobre o passado de sua família

O ator Travis Fimmel revelou em entrevista para a Interview Magazine uma emocionante história sobre os seus avós. Conhecido por ter interpretado Ragnar Lothbrok em “Vikings”, Fimmel também afirmou que sempre amou o trabalho de Mel Gibson (Coração Valente).

Travis Fimmel Ragnar Lothbrok
Foto – Reprodução/Instagram/@katherynwinnick

Eu sempre amei Mel Gibson. Eu o acho incrível. Eu amo o humor que ele traz para tudo. E ele é um australiano. Eu adoraria trabalhar com ele. Eu tenho orgulho do país australiano. Eu só gosto de onde eu cresci. Acho que você tem muito em comum com as pessoas que cresceram como você.”, iniciou o ator.

Na sequência, o intérprete de Ragnar ainda revelou que quando era criança achou que se tornaria um agricultor.

Quando você estava crescendo, você achava que seria agricultor?”, questionou o jornalista, recebendo a seguinte resposta de Travis:

Sim, ainda gosto”, respondeu, afirmando que seus pais tinham acabado de vender a fazenda onde moravam e isso o deixou muito triste, apesar de ainda visitar outros moradores do local.

Para completar, Travis revelou uma emocionante história sobre o passado de sua família.

Meus avós sempre foram agricultores. Meu avô já faleceu. Eles começaram com uma fazenda muito pequena, e então meu tio e meu pai continuaram expandindo e expandindo e obtendo mais fazendas. Minha avó trabalhou lá até os 85 anos. Ela tem 91 agora. Ela estava ordenhando aos 85 anos antes de meu avô morrer, e então, ela não podia mais sair lá. Meu avô tinha Parkinson, ele não podia mudar de marcha [enquanto dirigia], então minha avó mudava a marcha do carro para o ajudar. Ele não podia ver muito bem, minha avó era os seus olhos. Minha avó nunca conseguiu uma licença (para dirigir). Ela dirigia, mas nunca conseguiu uma licença. Eles costumavam dirigir cerca de meia hora todas as manhãs até a fazenda. Eles se aposentaram e conseguiram um lugar na cidade. Após a aposentadoria, começaram a dirigir todas as manhãs às 5 horas ou qualquer outra coisa.”, revelou Fimmel, demonstrando o afeto e simplicidade de seus avós.

VEJA TAMBÉM:
Botão Voltar ao topo