fbpx
Séries

Vikings: Detalhe em morte de Ragnar Lothbrok prova que ele foi para Valhalla

O rei Ragnar Lothbrok morreu de maneira dramática na quarta temporada de “Vikings”. Diante disso, muitos se perguntam se ele realmente foi para Valhalla, considerado o “Paraíso” dos nórdicos.

É preciso se atentar a alguns detalhes sobre a morte do líder viking que provam que ele foi recebido no Grande Salão por Odin. O primeiro deles é o seu objetivo final. Apesar de o Vidente dizer que ele iria morrer no dia em que o cego enxergasse, Ragnar morreu um dia depois.

Foi ele que escolheu voltar à Wessex para ser capturado por Ecbert e entregue ao rei Aelle. Isso nos leva ao segundo detalhe importante: a razão por trás de sua morte. Ragnar queria se vingar do massacre ao assentamento viking provocado por Ecbert. Se entregar foi parte de um grandioso plano para unir seus filhos através do Grande Exército Pagão para vingar o seu povo.

Ele não teve medo

Outro detalhe importante é que Ragnar Lothbrok não teve medo de morrer. Após o seu discurso final, o guerreiro foi jogado no poço de serpentes venenosas e mesmo assim demonstrou coragem até o fim.

Todos os seus feitos em vida também devem ser levados em consideração. Apesar de ter questionado a existência de seus próprios deuses, Ragnar se manteve fiel aos seus princípios durante a sua vida. Para completar, o próprio Odin assumiu a forma humana para avisar seus filhos sobre a sua morte.

Tudo isso prova que o ex-marido de Lagertha foi realmente para Valhalla.

VEJA TAMBÉM:
Botão Voltar ao topo