fbpx
Séries

Vikings: Como o verdadeiro Ragnar morreu?

A série “Vikings” se baseia na Crônica de Ragnar Lodbrok (Lothbrok) para contar a sua história. O personagem teria sido um rei histórico-lendário que governou a Suécia e Dinamarca entre os séculos VIII e IX.

Ele foi citado pelo cronista Saxão Gramático durante o século XIII. Saxão foi um historiador da Dinamarca medieval que teria sido escrivão do arcebispo Absalão de Lund.

Na série, Ragnar morre após ser jogado em um poço cheio de serpentes pelo rei Aelle. De acordo com as sagas, isso pode ter realmente acontecido, mas também existe outra versão para a morte do rei viking. Quando se trata da veracidade da história, estudiosos divergem opiniões.

Acredita-se inclusive que muitos dos feitos dos filhos de Ragnar teriam sido atribuídos a ele.

Morte de Ragnar Lothbrok

Na primeira versão sobre a morte do rei, Ælla (Aelle) da Nortumbria teria o capturado e o jogado em um poço cheio de cobras venenosas. Seus filhos vingaram a sua morte invadindo a Inglaterra com o Grande Exército Pagão.

Vikings: Arqueólogos podem ter encontrado os ossos dos guerreiros do Grande Exército Pagão

Apesar dessa versão ter sido mostrada na série do History, existe outra versão menos ‘honrosa’ descrita pelas sagas. Nela, Ragnar morreu devido a uma combinação de cólera e ferimentos sofridos durante a sua tentativa de invadir Paris.

Na TV, isso foi mostrado de uma forma diferente onde foi possível ver o líder viking durante um difícil período de sua vida. Muitos fãs chegaram a questionar qual era a doença do personagem. A cólera causa desidratação e diarreia podendo evoluir para estados mais críticos resultando em choques hemorrágicos e convulsões.

Isso mostra que os produtores usaram a outra versão. No entanto, ela não foi diretamente responsável pela morte de Ragnar.

VEJA TAMBÉM:
Botão Voltar ao topo