fbpx
NetflixSéries

Peaky Blinders: Quantos cigarros foram usados por Thomas Shelby durante a série?

Uma das marcas registradas de “Peaky Blinders” são os cigarros usados pelos personagens durante a trama. A série se passa em uma época onde esse tipo de vício era bastante comum. Apesar da periculosidade provocada a saúde dos consumidores, existiam muitas propagandas sobre o produto nas rádios e televisão.

O personagem Thomas Shelby foi um dos que mais fumaram durante a trama. Isso fez com que os fãs se questionassem quantos cigarros foram usados por ele nas cenas. A verdade é que não se tratavam de cigarros reais.

De acordo com informações divulgadas pelos produtores, eles foram criados de ervas de rosas e não possuem nicotina em sua composição. Eles estimam que Thomas tenha usado pelo menos 3 mil cigarros por temporada da série. Caso considere os outros membros do elenco, esse número sobe para 5 mil.

A falecida atriz Helen McCrory, interprete da personagem Polly Gray, revelou em uma entrevista ao The Mirror que apesar de não fazerem mal a saúde, eles tinham um cheiro estranho e um gosto muito ruim.

Já a interprete de Lizzie, Natasha O’Keeffe, disse que os cigarros costumam deixar a garganta dolorida.

“Eles são horríveis e deixam o seu nariz preto. Eu sempre fico doente após as gravações”, afirmou a estrela.

Conheça o Thomas Shelby da vida real

A série “Peaky Blinders” estreou originalmente em 12 de setembro de 2013 na BBC. Criada por Steven Knight, a produção é inspirada em uma gangue de mesmo nome que existiu em Birmingham, na Inglaterra.

Acredita-se que o grupo foi fundado e liderado por Thomas Gilbert, um homem que em meio as duras privações econômicas da classe trabalhadora britânica, conseguiu dar uma nova “esperança” para jovens pobres da época. Thomas mudava constantemente de identidade para evitar ser reconhecido pelas autoridades. As primeiras atividades dos Peaky Blinders giravam em torno da ocupação de terras e pequenas comunidades de Small Heath e Cheapside de Birmingham….Mais detalhes sobre a história do gangster!

VEJA TAMBÉM:
Botão Voltar ao topo