fbpx
NetflixSéries

Peaky Blinders: 4 fatos da história real que são diferentes da série

A série “Peaky Blinders” se tornou uma das mais famosas da atualidade. Com isso, começaram a surgir memes e diversos conteúdos envolvendo Thomas Shelby e sua família. Já mostramos a história real por trás da gangue principal da trama. Mas, tudo o que é mostrado na TV realmente aconteceu? Separamos alguns detalhes adicionados a série que não aconteceram da mesma maneira na verdadeira história.

1 – Navalhas em seus chapéus (boinas)

Durante a primeira temporada os fãs são apresentados à família Shelby, conhecida por fazer apostas ilegais em corridas de cavalo e também por usar navalhas afiadas em seus chapéus. As lâminas chegaram ao Reino Unido depois da Guerra, sendo itens de difícil acesso devido ao seu alto valor. Por esse motivo é pouco provável que a gangue real tenha utilizado esse acessório da maneira que foi mostrada. Eles preferiam machucar seus inimigos com cintos e sapatos com ponteiras de ferro.

Peaky Blinders série
Foto – Reprodução/ BBC Studios/Netflix

2 – Velhos conhecidos da polícia

Na série os Peaky Blinders conseguem se livrar da prisão várias vezes. Registros mostram diversos crimes e prisões dos membros. No ano de 1904, David Taylor foi preso aos 13 anos por porte de arma. Neste mesmo ano, Henry Fowler e Ernest Haynes também foram enquadrados por roubar uma bicicleta. Isso mostra que todos eles foram presos por crimes ‘menos violentos’ dos que foram mostrados na TV.

3 -Figuras reais

Apesar de se basear em uma história real, o nome dos personagens foi adaptado para a TV. Thomas Gilber, membro e possível fundador dos Peaky Blinders reais, foi usado como exemplo para Thomas Shelby assim como outros membros da gangue.

Apesar disso, os produtores também retrataram de fato figuras reais como foi o caso de Billy Kimber e Darby Sabini. O primeiro era agente de apostas e depois se tornou empresário. Sabini era o seu rival, servindo de inspiração para várias outras histórias sobre gangues como “Brighton Rock”.

4 – A verdadeira inspiração

“Peaky Blinders” é inspirada em duas histórias. A primeira, já mostrada aqui no site, é sobre uma organização criminosa de Birmingham, Inglaterra, que operava no território das Midlands Ocidentais entre o fim do século XIX e anos 30 do século XX.

Porém o criador Steven Knight também inspirou a trama em acontecimentos envolvendo uma história contada pelo seu próprio pai.

“Uma das histórias que me fez muito querer escrever Peaky Blinders foi contada pelo meu pai. Disse que quando tinha uns oito ou nove anos, o pai dele deu um bilhete e mandou: ‘vai e entrega para seus tios.’”, seus tios eram conhecidos como Sheldons, que posteriormente se transformaram nos Shelbys.

Ator fala sobre a possibilidade de Björn aparecer na derivada de ‘Vikings’

O ator Alexander Ludwig deu vida ao primogênito de Ragnar Lothbrok, Björn Ironside, na série “Vikings”. A Netflix irá produzir uma derivada chamada “Vikings: Valhalla” e muitos fãs estão curiosos para saber se o herdeiro do grande líder viking poderá aparecer na trama…Veja mais!

VEJA TAMBÉM:
Botão Voltar ao topo